Arquivos da categoria: Geral

Vaga de Atendimento de Suporte

Vaga para Atendimento de Suporte

A Acras (www.acras.com.br), empresa de tecnologia que através de seus produtos aumenta a produtividade e lucratividade de centenas de clientes, abre vaga para profissional de atendimento de suporte em Curitiba/PR (via chat e e-mail para trabalho presencial).

Entendemos que hoje as pequenas empresas são mal atendidas no segmento e talvez você possa nos ajudar a mudar este cenário. Procuramos pessoas:

  • Primeiramente, que entendam o cliente e sintam prazer em vê-lo feliz!
  • Tenham automotivação, energia e alegria
  • Tenham curiosidade e que gostem de aprender coisas novas
  • Adorem tecnologia e consigam ser autodidatas no assunto
  • Ajudem a evoluir o produto com base no feedback dos clientes

Somos transparentes no nosso negócio e proporcionamos um ambiente divertido de trabalhar. Se interessou? Mande seu curriculum para contato@acras.com.br :)

Vender pelo terrorismo | Acras

Vender pelo Terrorismo

Nunca fui um grande vendedor. Minha formação e vocação são técnicas. Porém, pela natureza de meu trabalho me envolvi com vendas e estou atuando cada vez mais nesta vertente.

Justamente por não ser um grande vendedor talvez minhas opiniões não sejam unanimidade no meio, mas acima de tudo tento usar o bom senso para determinar como vou vender nossos produtos.

Já demonstrei que não concordo com empresas que não divulgam seus preços. Hoje quero falar sobre empresas que utilizam de terrorismo como método de vendas. Eu acho esta técnica não só ofensiva mas também extremamente boba. Vou explicar melhor.

A técnica é ofensiva por que quem a utiliza está, de certa forma, chamando seu potencial cliente de incompetente. Veja como esta empresa que vende API de NFe aterroriza os desenvolvedores. Ela praticamente fala: “Você precisa de mim por que não vai conseguir sozinho. É muito difícil!”

Vender pelo terrorismo | Acras

Agora veja este vídeo. Nesta época o Manuel Barbosa era proprietário da MobiOn, que também vendia API de NFe. A empresa nem existe mais, mas em suas palestras e nestas entrevistas combinadas ele sempre se vendia como o salvador da pátria. No vídeo ele chega ao cúmulo de falar que a NFe 2.0 seria o “novo BUG do milênio” e que a própria receita queria que empresas que vendiam NFe quebrassem.  Chega a ser engraçado. Não faça isso!

Agora. Por que ao invés de vender pelo terrorismo essas empresas não vendem pelo ganho que oferecem ao seu cliente? Eu não preciso falar que meu cliente não vai conseguir desenvolver a NFe sozinho. Eu posso por exemplo falar que ele vai gastar 10% do tempo de desenvolvimento usando a nossa API do que se ele for desenvolver sozinho. Isto por que NFe é o nosso negócio e nós pudemos dedicar todo este tempo para facilitar a integração.

Veja o exemplo da SendGrid, ela não te assusta com afirmações do tipo “É muito difícil garantir a entrega de emails”, mas sim com afirmações mais positivas como “Entregando seus emails através de uma plataforma confiável”.

Outro exemplo é a Adyen, que mesmo trabalhando com pagamentos online, uma fonte interminável de problemas, vende a vantagem e não medo quando fala “Aceite pagamentos globalmente”.

Hoje temos um grande número de empresas de software que utilizam a nossa API para emissão de NFe, eu tenho certeza que todas elas são muito competentes e teriam plena capacidade de desenvolver a NFe por si só. A única questão é que elas viram vantagens de utilizar nossa API. Um ótimo exemplo é a Survey Monkey, líder mundial em pesquisas online, localizada no Vale do Silício. Eles começaram este mês a usar nosso sistema para emitir suas NFes. Quem mais capacitado do que uma empresa do Vale do Silício para desenvolver qualquer coisa? Eles com certeza não vieram até nós pelo medo, mas sim por perceber que poderiam economizar muito tempo simplesmente focando no seu negócio.

Chega de terrorismo, todo produto tem suas vantagens, vamos mostrá-las e deixar a cargo do cliente saber o que deve temer.

Acras 10 Anos

10 anos

Hoje estamos completando 10 anos.

Iniciamos em 2005 e nosso principal objetivo era desenvolver sistemas sob medida para todas as áreas. Por alguns anos conseguimos entregar com qualidade projetos em áreas que variaram desde Associações de classe até manejo de áreas florestais.

Nos realizamos muito entregando estes projetos, mas a partir de 2008 decidimos aumentar o nosso foco em Software como Serviço (SaaS na sigla em inglês).

Em 2012 encerramos todos os contratos de sistemas sob medida para nos dedicarmos exclusivamente aos nossos produtos, o Focus Lojas e o Focus NFe.

Hoje contamos com centenas de clientes destes dois produtos, já emitimos mais de 1,1 milhão de notas fiscais, já foram registradas mais de 1,2 milhão de vendas nos Focus Lojas. Estes números não param de crescer e temos certeza de que os próximos 10 anos serão ainda mais intensos que nossos primeiros 10.

Acreditamos que o que vem pela frente é ainda mais empolgante. Acabamos de fechar o nosso primeiro contrato internacional com uma empresa localizada no Vale do Silício. Estamos iniciando os primeiros clientes emitentes de NFCe. Nossas plataformas estão cada vez mais fáceis de usar. E tudo isso mantendo a nossa tecnologia de ponta e o atendimento sempre presente.

Agradecemos imensamente a todos os nossos clientes que confiam suas operações mais cruciais e seus dados mais sensíveis a nós. Tenham certeza de que todo o nosso esforço em sermos uma empresa cada vez melhor é sempre dedicado a vocês.

Que venham os próximos 10 anos e muito mais!

Resistimos até às mudanças mais simples

Você já reparou como somos resistentes a mudanças? Mudanças de qualquer tipo, das mais insignificantes até grandes mudanças.

Essa que vou comentar é das mais insignificantes. Mas mesmo assim mostra para mim o quanto somos resistentes.

Muitos estados no Brasil já adotaram o nono dígito nos celulares, anexando um 9 no início do número. Então o número que antes era, por exemplo, 9972-0101 passou a ser 99972-0101.

Me incomoda ler estes números assim e todas as pessoas com os números incrementados mandam seus telefones ainda desta forma.

Ninguém parou pra pensar que daqui pra frente será mais fácil mandar o número assim: 999-720-101? Eu acho!